João de Deus
Jornal de Brasília Ativista que auxiliou nas denúncias contra João de Deus morreu na Espanha

Ativista que auxiliou nas denúncias contra João de Deus morreu na Espanha

Da Redação redacao@grupojbr.com A ativista Sabrina Bittencourt, 37, faleceu na noite deste sábado (02) em Barcelona, na Espanha. Segundo o filho dela, em uma página nas redes sociais, e um comunicado do grupo Vítimas Unidas, ela teria cometido suicídio por volta das 21h deste sábado. A mulher auxiliou nas denúncias contra o médium João de […] The post Ativista que auxiliou nas denúncias contra João de Deus morreu na Espanha appeared first on JBr..

Da Redação redacao@grupojbr.com A ativista Sabrina Bittencourt, 37, faleceu na noite deste sábado (02) em Barcelona, na Espanha. Segundo o filho dela, em uma página nas redes sociais, e um comunicado do grupo Vítimas Unidas, ela teria cometido suicídio por volta das 21h deste sábado. A mulher auxiliou nas denúncias contra o médium João de […] The post Ativista que auxiliou nas denúncias contra João de Deus morreu na Espanha appeared first on JBr..

Da Redação
redacao@grupojbr.com

A ativista Sabrina Bittencourt, 37, faleceu na noite deste sábado (02) em Barcelona, na Espanha. Segundo o filho dela, em uma página nas redes sociais, e um comunicado do grupo Vítimas Unidas, ela teria cometido suicídio por volta das 21h deste sábado. A mulher auxiliou nas denúncias contra o médium João de Deus que está preso, desde dezembro do ano passado, pela acusação de diversos abusos sexuais.

Sabrina morava na Espanha e constantemente denunciava que ela e a família eram ameaçadas. A presidente do grupo Vítimas Unidas, criado para dar auxílio a pessoas que passaram por algum tipo de abuso, Maria do Carmo Santos, divulgou uma nota informando que a ativista deixou uma carta de despedida relatando dos porquês do ato e que ainda não haveria informações sobre o velório.

“A luta de Sabrina jamais será esquecida e continuaremos, com a mesma garra, defendendo as minorias, principalmente as mulheres que são vítimas diárias do machismo”, afirma a nota. Sabrina, junto ao grupo de mulheres, ajudou a reunir material e deu assistência a diversas vítimas que sofreram abusos de João de Deus e não tinham coragem de denunciar.

Um dos três filhos de Sabrina, Gabriel Baum, em uma postagem na rede social, pediu que ninguém permita que manchem a memória dela. O jovem ainda diz que a mulher fez mais de 300 vídeos com instruções, além de provas e pacotes de cartas com denúncias. “Ela não queria ser morta pelas quadrilhas nem pelo câncer. Minha mãe lutou até o fim. ela não desistiu. Ela só se libertou do inferno que estava vivendo. Eu preciso ser forte pelos meus irmãos”, desabafou.

Caso João de Deus

Acusado pelo MP estadual dos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude, João de Deus está preso, em caráter preventivo, desde 16 de dezembro. Baseado nos depoimentos e elementos apresentados por dezenas de mulheres que se apresentam como vítimas do médium, os promotores goianos já apresentaram duas denúncias contra ele.

Na manhã deste sábado (02), o filho do médium goiano, Sandro Teixeira de Oliveira, foi preso, em Anápolis (GO). A prisão foi decretada na sexta-feira (1º) pela juíza Rosângela Rodrigues, da comarca de Abadiânia. Oliveira é acusado de coação e corrupção de testemunha. Segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública de Goiás, Sandro foi levado para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Entre as várias mulheres que afirmam ter sido molestadas por João de Deus durante atendimentos na Casa Dom Inácio de Loyola, há quem afirme ter sofrido abusos sexuais quando criança ou adolescente. No último dia 15, ao apresentarem a segunda denúncia contra o médium, os promotores estaduais disseram haver evidências de que ele violou sexualmente de várias mulheres diante de outras pessoas que acompanhavam as sessões de atendimento espiritual que aconteciam no centro espírita.

The post Ativista que auxiliou nas denúncias contra João de Deus morreu na Espanha appeared first on JBr..