Jornal de Brasília Governo do DF divulga salários de todos os servidores de empresas estatais

Governo do DF divulga salários de todos os servidores de empresas estatais

Governo do DF divulga salários de todos os servidores de empresas estatais

O Distrito Federal tornou-se nesta sexta-feira (20) a primeira unidade da Federação a divulgar os salários de todos os servidores, inclusive daqueles que trabalham em empresas estatais.

A medida de transparência foi possível com a inclusão dos dados de remuneração dos funcionários do Banco de Brasília no Portal da Transparência. As informações estão acessíveis no site desde às 8 horas de hoje.

O governador Rodrigo Rollemberg anunciou a novidade na manhã desta sexta-feira (20), por meio de vídeo (veja abaixo). Na mensagem, o chefe do Executivo destaca o pioneirismo da cidade e reforça o combate aos supersalários no funcionalismo.

“Queremos isonomia, igualdade e tratar com muito respeito e dignidade os servidores públicos. Não podemos, em um momento de muita dificuldade, ter servidores privilegiados na gestão pública do DF”, declarou o governador de Brasília.

Para isso, Rollemberg promulgou em maio emenda à Lei Orgânica que inclui todas as estatais do DF e subsidiárias na regra do teto constitucional. Ou seja, vedou vencimentos acima de R$ 30.471,11.

Ainda segundo o governador, a Procuradoria-Geral do DF “vai recorrer contra todas as ações coletivas que impedem o corte dos supersalários”.

De acordo com a Controladoria-Geral do DF, outras unidades da Federação publicam os salários de servidores de estatais, mas não de todas. Além disso, até agora, nenhuma outra localidade do País adota a transparência em relação às remunerações de empregados de instituições financeiras, como é o caso do BRB.

Algumas empresas do DF publicam os dados nos próprios portais, no menu Acesso à Informação, como a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e a Companhia Energética de Brasília (CEB).

Segundo a Controladoria-Geral, a previsão é que, em novembro, as informações dessas estatais migrem para o Portal da Transparência.

Saiba mais em Jornal de Brasília

Últimas