Distrito Federal Segundo corpo encontrado sem parte da cabeça dentro de cisterna é do marido da primeira vítima

Segundo corpo encontrado sem parte da cabeça dentro de cisterna é do marido da primeira vítima

Residência onde o casal morava com os filhos fica em São Sebastião

Segundo corpo encontrado sem parte da cabeça dentro de cisterna é do marido da primeira vítima

O trabalho de retirada só terminou às 3h desta quarta-feira

O trabalho de retirada só terminou às 3h desta quarta-feira

Divulgação/CBDF

O segundo corpo resgatado pelos Bombeiros do Distrito Federal de dentro de uma cisterna em São Sebastião (DF), na noite desta terça-feira (18), é do marido da primeira vítima, Maria Lúcia Batista Lopes, de 49 anos, que foi encontrada no domingo (16), no mesmo local. Testemunhas reconheceram o corpo do homem, que chegou a ser considerado foragido após a morte da mulher. A Polícia Civil ainda fará a perícia para confirmar a identidade.

No resgate desta terça-feira (18), por volta das 23h, os bombeiros desceram a cisterna de 20 m para resgatar o corpo no Morro da Cruz, na Chácara Santa Maria. O trabalho de retirada só terminou às 3h desta quarta-feira (19). A vítima foi encontrada sem parte da cabeça. 

Vizinhos comentaram sobre o fato de um dos filhos do homem ter brigas frequentes com o pai. Segundo o delegado Érito Cunha, Maria Lúcia teria expulsado o rapaz de casa após desconfiar que ele teria tido um caso com a cunhada, que também morava no local. 

Leia mais notícias no R7 DF

A Polícia Civil do DF recolheu o corpo para o IML (Instituto Médico Legal) e fará a perícia para descobrir as causas da morte. No entanto, como já tinham registrado, no domingo, a retirada do cadáver de Maria Lúcia, existe a suspeita de que o autor dos crimes seja a mesma pessoa. 

O delegado destacou que tanto o filho quanto a nora do casal são suspeitos. Ele classificou o rapaz como "psicopata" e disse que a jovem pode também ser vítima dele.

— Ele já é um foragido e ela já pode estar morta. Estamos tentando descobrir se ela ainda está viva.

A 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) investiga os casos.

Experimente grátis: todos os programas da Record na íntegra no R7 Play

Assista matéria completa do Balanço Geral: