Fome emocional? Entenda por que alimentos calóricos nos satisfazem em momentos de estresse ou tristeza

Nem toda fome que sentimos é para atender às necessidades básicas do corpo humano. Muitas vezes, a fome não está na barriga, mas na cabeça. É a chamada fome emocional. Ele geralmente ocorre em momentos de estresse, ansiedade ou tristeza. A explicação está na dopamina, uma substância presente em nosso cérebro responsável pelas sensações de prazer. Quando estamos tensos e comemos algo bastante calórico, por exemplo, é como se houvesse uma explosão de dopamina no nosso organismo. O problema é que esse prazer, a longo prazo, vem acompanhado de sobrepeso e problemas de saúde. O que fazer, então? Veja na reportagem!

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log