Abono de Natal dos aposentados vai injetar R$ 20 bilhões na economia

Pagamento começa na sexta-feira (24); saiba como consultar o valor do 13º

Começa na sexta-feira o pagamento do 13º
Começa na sexta-feira o pagamento do 13º Estadão Conteúdo

O pagamento da segunda parcela do 13° benefício para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) será pago a partir de sexta-feira (24) e vai injetar cerca de R$ 20,4 bilhões na economia brasileira, segundo projeção do instituto. A primeira parcela do abono foi paga, antecipadamente, em agosto no valor total de R$ 19,8 bilhões. 

Os beneficiários do instituto já podem acessar o extrato de pagamento para conferir o valor. O abono é pago junto com valor normal da aposentadoria ou pensão.

No estado de São Paulo, o INSS vai pagar o 13º para cerca de 6,89 milhões de pessoas. O valor total ultrapassa R$ 5,78 bilhões. O segundo estado com o maior número de beneficiários é Minas Gerais com 3,4 milhões de pagamentos programados que somam R$ 2,2 bilhões só de abono de Natal.

O calendário dos crédito segue do dia 24 de novembro até o dia 7 de dezembro, levando em conta último dígito do benefício e o valor. Recebem na sexta-feira (24), os segurados com benefício de final 1 e com valor de até um salário mínimo (R$ 937).

Segundo o INSS, cerca de 29,7 milhões de segurados vão receber a segunda parcela do 13º benefício, que terá o desconto do Imposto de Renda, para valores acima de R$ 1.903.

Quem recebe o auxílio-doença ou o salário maternidade também tem direito ao 13º, porém, nesses casos, o valor é porporcional ao tempo de pagamento do benefício. 

Os cerca de 4,6 milhões de beneficiários do INSS que recebem o benefício assistêncial (LOAS) não têm direito ao 13º.