Novo Coronavírus

Economia 'Aglomerações nas agências foram resolvidas', diz presidente da Caixa

'Aglomerações nas agências foram resolvidas', diz presidente da Caixa

Pedro Guimarães orienta que beneficiários do auxílio de R$ 600 evitem chegar de madrugada ou no dia anterior para serem atendidos

  • Economia | Do R7

Agências registraram aglomerações nos últimos dias

Agências registraram aglomerações nos últimos dias

Anderson Lira/Framephoto/Estadão Conteúdo

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, garantiu nesta quarta-feira (6) que as aglomerações registradas nos últimos dias nas agências do banco para o saque do auxílio emergencial de R$ 600 já foram resolvidas. "As agências já eliminam as filas até as 10h", comemorou. 

"As imagens que vimos anteriormente foram eliminadas ou fortemente reduzidas", disse Guimarães ao ilustrar fotos da porta de agências do banco vazias logo após a abertura, por volta das 8h.

Guimarães explica que os funcionários da Caixa começam a atender e fazer a checagem de documentos antes da abertura das agências e às 8h as "filas já estão reduzidas a aproximadamente zero".

Diante da redução do volume de filas, o presidente do banco estatal recomenda que a população evite permanecer por muito tempo na frente do banco. "Não há necessidade de chegar de madrugada, muito menos do dia anterior. A maior parte das pessoas chega cedo e é atendida até 10h”, orienta Guimarães.

O presidente do banco estatal ainda agradeceu à colaboração de 500 prefeituras. Segundo Guimarães, a parceria ajudou com a organização das filas e também na eficiência tecnológica.

"Certamente podemos ter algumas agências com um maior volume de pessoas ainda hoje, mas serão a exceção e não a regra. Isso nos deixa muito felizes porque reagimos rápido", afirma ele.

Caixa ilustrou agências sem filas na manhã desta quarta-feira (6)

Caixa ilustrou agências sem filas na manhã desta quarta-feira (6)

Reprodução/YouTube

Últimas