Alcolumbre diz que reforma deve ser votada no Senado no dia 22

Antes da viotação, CCJ vai realizar uma sessão para analisar as emendas apresentadas após a votação do primeiro turno da reforma

Sessão está marcada para às 14h

Sessão está marcada para às 14h

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), assegurou a conclusão da reforma da Previdência para a terça-feira que vem (22). A proposta ainda depende de uma votação em segundo turno no plenário da Casa.

Nesta terça-feira (15), os senadores aprovaram um projeto que divide os recursos do megaleilão do petróleo com Estados e municípios, destravando a votação em segundo turno da proposta que alerta o sistema de aposentadorias no País.

A sessão do plenário para a votação da Previdência deve ocorrer às 14h do dia 22. Antes disso, às 11h, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) vai realizar uma sessão para analisar as emendas apresentadas após a votação do primeiro turno da reforma. "Já há um entendimento em relação a essa data", disse Alcolumbre. "Espero que sim, aguardo isso e o Brasil aguarda isso", emendou.