Economia ANS suspende a venda de 38 planos de saúde após reclamações

ANS suspende a venda de 38 planos de saúde após reclamações

Ao todo, 394.313 contratantes podem ser beneficiados, pois o plano precisa melhorar para voltar a ser comercializado, diz a agência

  • Economia | Do R7

ANS divulga lista de planos que retomaram a venda

ANS divulga lista de planos que retomaram a venda

Freepik

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) suspendeu temporariamente, nesta quinta-feira (28), a venda de 38 planos de dez operadoras, por causa de reclamações relacionadas à cobertura assistencial registradas no segundo trimestre.

A medida faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que acompanha regularmente o desempenho do setor e atua na proteção dos consumidores. 

A proibição da venda começa a valer no dia 3 de outubro. "Ao todo, 394.313 beneficiários ficam protegidos com a medida, já que esses planos só poderão voltar a ser comercializados a novos clientes se as operadoras apresentarem melhora no resultado no monitoramento", afirmou o diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Alexandre Fioranelli.

Além das suspensões, a ANS divulgou a lista de planos que poderão voltar a ser comercializados. Nesse ciclo, 12 planos de seis operadoras terão a venda liberada.

Veja os planos com comercialização suspensa
Confira os planos reativados

A cada trimestre, a listagem de planos é reavaliada, e as operadoras que deixarem de apresentar risco à assistência à saúde são liberadas pelo monitoramento para oferecer os planos em novas comercializações.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

Resultados do monitoramento

• 38 planos com comercialização suspensa;

• 12 planos com a comercialização liberada;

• 394.313 beneficiários protegidos;

• 58.035 reclamações no período de 1°/4/2023 a 30/6/2023.

Últimas