Após recordes dólar fecha em queda de 1% com dados da balança e BC

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda ante o real nesta quinta-feira, a primeira em cinco sessões e a mais forte desde meados de outubro, com os vendedores reaparecendo depois de ajuste nos dados da balança comercial e da sinalização do Banco Central de disposição para atuar no câmbio.

No mercado interbancário, o dólar caiu 1,00%, a 4,2160 reais na venda.

É a maior baixa percentual diária desde 23 de outubro (-1,05%).

O dólar vinha de quatro altas consecutivas, período em que acumulou valorização de 1,57%. A moeda vem de três recordes históricos consecutivos para um fechamento.

Na B3, em que os negócios vão até as 18h15, o dólar de maior liquidez caía 1,11%, a 4,2170 reais.