Aprovada recomposição econômica do contrato de concessão do Aeroporto de Brasília

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou revisão extraordinária do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de Brasília com o objetivo de recompor seu equilíbrio econômico-financeiro. O valor da recomposição em 2020 será de R$ 1,585 milhão, que será deduzido da contribuição fixa devida pela concessionária.

A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU).