Economia Atividade econômica no Sul cresce 0,1% no trimestre até novembro, diz BC

Atividade econômica no Sul cresce 0,1% no trimestre até novembro, diz BC

A atividade econômica da região Sul avançou 0,1% no trimestre encerrado em novembro, ante o trimestre finalizado em agosto, quando houve alta de 0,6%, conforme a série dessazonalizada. A informação é do Boletim Regional do Banco Central (BC), divulgado nesta terça-feira, 18.

De acordo com o BC, o nível de atividade na região "manteve processo de recuperação gradual ao final de 2019, refletindo resultado positivo no comércio, diminuição na produção fabril e apropriação de colheita menos favorável nas lavouras de inverno".

A instituição ponderou ainda que, na região, "o consumo das famílias deve permanecer estimulado pelos saques do FGTS, pelo retorno da inflação a patamar mais baixo e pela disponibilidade de crédito, em contexto de taxas de juros baixas". "Esse ambiente, aliado ao aumento da confiança dos agentes, tende a favorecer a atividade econômica."

O BC ponderou, sem citar diretamente o surto do novo coronavírus, que a desaceleração do crescimento mundial "poderá agravar o desempenho da região, que vem sendo negativamente impactado por reduções das compras da China e Argentina".

A instituição divulga o Boletim Regional em Recife (PE). No documento, a análise da atividade nas regiões leva em conta os dados até novembro deste ano.

Últimas