Coronavírus

Economia Atividade empresarial da Europa encolhe com novos lockdowns

Atividade empresarial da Europa encolhe com novos lockdowns

Pesquisa com gerente de compras (PMI) em novembro mostra contração em vários setores por causa da quarentena imposta pela pandemia

Reuters
Indústrias europeias têm resultados melhores

Indústrias europeias têm resultados melhores

REUTERS/Ralph Orlowski/File Photo

A atividade empresarial da zona do euro contraiu com força neste mês uma vez que as novas restrições para conter a disseminação do coronavírus forçaram muitas empresas no setor de serviços do bloco a fechar temporariamente, mostrou nesta segunda-feira (23) a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Região rica da Europa gasta trilhões por recuperação econômica

O PMI Composto preliminar do IHS Markit, considerado bom guia da saúde econômica, caiu a 45,1 em novembro de 50,0 em outubro, indo abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração. Pesquisa da Reuters projetava recuo a 46,1.

Por covid, FMI pede expansão do alívio de dívida para outros países

"A economia da zona do euro caiu de novo em forte declínio em novembro em meio aos renovados esforços para conter a crescente onda de infecções por covid-19", disse Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit.

"Os dados somam-se à probabilidade de que a zona do euro verá contração do PIB de novo no quarto trimestre."

O PMI de serviços caiu a 41,3 de 46,9, leitura mais fraca desde o ápice da primeira onda da pandemia e bem abaixo dos 42,5 em pesquisa da Reuters.

Entretanto, a indústria teve desempenho melhor já que muitas fábricas continuaram abertas e o PMI do setor permaneceu acima da marca de 50, embora tenha caído a 53,6 em novembro de 54,8 em outubro. Pesquisa da Reuters apontava leitura de 53,1.

Últimas