Economia Atividade empresarial da zona do euro entra em colapso em março por coronavírus, segundo PMI

Atividade empresarial da zona do euro entra em colapso em março por coronavírus, segundo PMI

Reuters

LONDRES (Reuters) - A atividade empresarial da zona do euro entrou em colapso no mês passado diante das tentativas de conter a pandemia de coronavírus, que levaram governos em todo o continente a fechar grandes partes de suas economias, mostrou nesta sexta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI Composto final do IHS Markit despencou para a mínima recorde de 29,7 em março ante 51,6 em fevereiro, abaixo da preliminar de 32,4 e marcando a maior queda mensal desde que a pesquisa começou em julho de 1998. A marca de 50 separa crescimento de contração.

"Os dados indicam que a economia da zona do euro já está contraindo a uma taxa anualizada que se aproxima de 10%, com o pior inevitavelmente por vir no futuro próximo", disse Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit.

A demanda recuou a uma taxa recorde, com o subíndice de novas encomendas indo a 27,7 de 51,2, muito mais fraco do que preliminar de 29,5.

Como o setor industrial, a atividade de serviços do bloco também ficou quase suspensa. Seu PMI caiu a 26,4, mínima da pesquisa, contra 52,6 em fevereiro e preliminar de 28,4.

(Reportagem de Jonathan Cable)

Últimas