Novo Coronavírus

Economia Avanço da pandemia afetou recuperação da indústria, diz IBGE

Avanço da pandemia afetou recuperação da indústria, diz IBGE

Restrições impostas pelo recrudescimento da doença motivaram rearranjos e interrupção de turnos nas unidades produtivas

Agência Estado - Economia
Produção da indústria recuou 0,7% em fevereiro

Produção da indústria recuou 0,7% em fevereiro

Ralph Orlowski/File Photo/Reuters

O recrudescimento da pandemia de covid-19 no Brasil afetou o desempenho da indústria, que recuou 0,7% em fevereiro ante janeiro, interrompendo uma sequência de nove meses de recuperação, conforme os dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"A piora da pandemia traz efeitos, restrições de mobilidade, faz com que unidades produtivas tenham que fazer novos rearranjos, interrupção de turnos", disse André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE.

No entanto, o pesquisador lembra que a indústria tem sido afetada também por um conjunto de fatores, como o fim do pagamento do auxílio emergencial à população, mercado de trabalho com desemprego elevado, inflação em alta, aumentos de custos e desabastecimento de insumos para a produção de bens finais.

A expectativa é que o agravamento da disseminação de covid em março e a ampliação das medidas restritivas de combate à doença tenham afetado ainda mais unidades produtivas.

"A gente via em janeiro e fevereiro algumas localidades já com dificuldades. Em março, isso toma uma proporção maior, inclusive com restrições de mobilidade em grandes centros urbanos. Claro que todas essas informações nos trazem um entendimento de algum tipo de perda para o dinamismo industrial. O que a gente tem, a priori, são informações de março com recrudescimento da pandemia, afetando unidades produtivas. Claro que traz prejuízos importantes para o ritmo de produção", afirmou Macedo.

Últimas