Economia Balança comercial tem saldo positivo de R$ 35,4 bi em agosto

Balança comercial tem saldo positivo de R$ 35,4 bi em agosto

Melhor resultado do indicador para o mês desde 1989 é fruto de R$ 95 bilhões em exportações e R$ 59,6 bilhões em importações

Reuters - Economia
Importações caíram mais de 25% em agosto

Importações caíram mais de 25% em agosto

Amanda Perobelli/Reuters

As exportações brasileiras superaram as exportações em R$ 35,4 bilhões (US$ 6,6 bilhões) ao longo do mês de agosto, divulgou o Ministério da Economia nesta terça-feira (1º). Trata-se do melhor saldo para o mês desde 1989, ano em que a série histórica foi iniciada.

Com a crise causada pela pandemia do novo coronavírus como pano de fundo, as importações caíram 25,1% em agosto e alcançaram R$ 59,6 bilhões (US$ 11,1 bilhões). Já as exportações somaram R$ 95 bilhões (US$ 17,7 bilhões) no mês passado, recuo de 5,5% na mesma base de comparação.

Leia mais: Economia encolhe no 2º trimestre e Brasil entra em recessão

Em relação aos produtos comprados, todos os setores apresentaram queda sobre o mesmo mês do ano passado. Pela média diária, o maior impacto foi sofrido na importação de produtos da indústria extrativa (-59,5%), seguido pelo que foi visto na indústria de transformação (-23,8%) e na agropecuária (-0,8%).

Em relação aos produtos vendidos ao exterior, houve crescimento, também pela média diária, apenas na agropecuária (+14,6% sobre agosto de 2019), ao passo que o desempenho foi negativo em bens da indústria extrativa (-15,4%) a indústria de transformação (-7,7%).

Nos primeiros oito meses do ano, o saldo da balança comercial ficou positivo em R$ 196,5 bilhões (US$ 36,6 bilhões), um crescimento de 14,4% ante igual etapa do ano passado decorrente de queda de 12,3% nas importações e de 6,6% nas exportações.

Para o ano, o Ministério da Economia havia previsto em junho um superávit de R$ 297,5 bilhões (US$ 55,4 bilhões) para as trocas comerciais entre os países.

Últimas