Economia BC: diretor Pinho de Mello testou positivo para covid-19 e não participa do Copom

BC: diretor Pinho de Mello testou positivo para covid-19 e não participa do Copom

O Banco Central informou por meio de nota que o diretor de Organização do Sistema Financeiro, João Manoel Pinho de Mello, testou positivo para o novo coronavírus em um primeiro exame, realizado na semana passada. Em função disso, ele não participou dos encontros presenciais do Comitê de Política Monetária (Copom) de ontem e hoje e também não votou sobre o novo patamar da Selic (a taxa básica de juros).

Na noite de hoje, o BC anunciou corte de 0,75 ponto porcentual da Selic, de 3,75% para 3,00% ao ano. A decisão foi tomada pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, e por sete diretores da autarquia. Pinho de Mello não participou.

"Seguindo orientação da área de gestão de pessoas do BC, na semana passada, todos os membros do Copom foram testados para Covid-19", informou o BC por meio de nota. "O primeiro resultado do diretor João Manoel foi positivo. Feito um segundo exame, o resultado foi negativo. Considerando os resultados díspares, a área de gestão do BC recomendou um terceiro exame para contraprova."

Conforme o BC, por não haver tempo hábil para a realização do terceiro exame, por prudência, Pinho de Mello decidiu não participar das sessões presenciais do Copom. Nas agendas dos dirigentes divulgadas nos últimos dias, no entanto, constou que Pinho de Mello estaria participando normalmente do Copom - o que não ocorreu.

Segundo o BC, o diretor "segue gozando de boa saúde, assintomático, e desempenhando normalmente suas funções de maneira remota".

Últimas