Economia BCE realiza reunião de emergência sobre coronavírus mas deixa política monetária de fora

BCE realiza reunião de emergência sobre coronavírus mas deixa política monetária de fora

Reuters

Por Balazs Koranyi e Francesco Canepa

FRANKFURT (Reuters) - Autoridades do Banco Central Europeu realizaram uma teleconferência extraordinária no fim da terça-feira para discutir sua resposta emergencial ao surto de coronavírus, mas uma medida de política monetária não estava na agenda, disseram à Reuters cinco fontes.

As fontes reconheceram que o BCE está sob crescente pressão para reduzir ainda mais sua taxa de juros após corte inesperado pelo Federal Reserve na terça-feira. Mas as autoridades ainda esperam resistir até a reunião marcada para 12 de março.

Elas usaram o telefonema de terça-feira para discutir como os 19 bancos centrais da zona do euro vão cooperar em uma emergência, como garantir que haverá cédulas suficientes mesmo que cidadãos em pânico comecem a guardar dinheiro, disseram as fontes.

Entre outros tópicos discutidos estavam o cancelamento de eventos, como lidar com falta de funcionários e a coleta de informações mais detalhadas de cada país sobre as consequências da doença.

Não foi debatido se o BCE deveria adotar medidas de política monetária e as autoridades continuam convencidas de que cabe principalmente aos governos responder ao surto, completaram as fontes.

Um porta-voz do BCE recusou-se a comentar.

Últimas