BCE: zona do euro tem suportado choque da covid tão bem quanto era de se esperar

Dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Fabio Panetta disse nesta quarta-feira (1) que a zona do euro tem suportado os efeitos do choque do coronavírus tão bem quanto era de se esperar. "Dados de pesquisas recentes sugerem que a economia pode ter atingido o fundo do poço e já estamos vendo sinais iniciais de recuperação", afirmou Panetta, em discurso feito durante seminário online organizado pelo Banco Europeu de Investimento (BEI) e pelo Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE).

Panetta ressaltou, porém, que essas indicações positivas precisam ser vistas com cautela, uma vez que "elevados níveis de incertezas" prevalecem. Segundo Panetta, a resposta europeia à covid-19 tem sido notável e as medidas do BCE vêm evitando a fragmentação da zona do euro, afastando riscos nos mercados financeiros e estabilizando a economia. "Como resultado de nossas ações até o momento, estamos numa melhor posição de observar como se darão os desdobramentos", disse.

Panetta também garantiu que o BCE irá reagir a qualquer aperto significativo nas condições financeiras enquanto os efeitos negativos do coronavírus persistirem.