BNDES libera R$ 1,1 bilhão a empresas afetadas pelo coronavírus

Montante destinado a micro, pequenas e médias empresas equivale a cerca de 20% de uma linha de capital giro reservada para o segmento

Linha beneficia empresas com faturamento de até R$ 300 milhões

Linha beneficia empresas com faturamento de até R$ 300 milhões

Paulo Vitor/Estadão Conteúdo - 6.5.2010

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) já liberou R$ 1,1 bilhão para micro, pequenas e médias empresas afetadas pelos efeitos econômicos da pandemia de coronavírus, o equivalente a cerca de 20% de uma linha de capital giro reservada para o segmento, informou o banco de fomento nesta quinta feita (23).

A linha de crédito de R$ 5 bilhões voltada para firmas com faturamento de R$ 360 mil até R$ 300 milhões por ano já atendeu cerca de 3.000 empresas no país, afirmou o banco de fomento.

O banco informou que 82% das empresas atendidas pela linha são dos setores de comércio e serviços. A maior parte dos recursos (65%) foi liberado para empresas da região Sudeste. O valor médio das operações foi de 368 mil reais, informou o banco.