Economia Bolsa brasileira opera em queda na manhã desta quinta-feira

Bolsa brasileira opera em queda na manhã desta quinta-feira

Ibovespa, principal indicador acionário do mercado nacional, caía 0,07%, a 100.482,11 pontos, nos primeiros negócios do dia

  • Economia | Do R7, com Reuters

Bolsa abriu em queda

Bolsa abriu em queda

Amanda Perobelli/Reuters - 25.07.2019

A bolsa de valores abriu em queda na manhã desta quinta-feira (22). Às 10h12, o Ibovespa, principal indicador acionário do mercado, caía 0,07%, a 100.482,11 pontos, diante de um cenário misto no exterior, com melhora nos preços do petróleo, mas fraqueza nos mercados acionários, enquanto segue o impasse sobre mais estímulos fiscais nos Estados Unidos.

Leia mais: Pequeno investidor já pode comprar ações da Apple, Amazon e Microsoft

Nos EUA, as negociações sobre um novo projeto de lei de auxílio à crise do coronavírus sofreram um revés na quarta-feira (21), quando o presidente Donald Trump acusou os democratas de não estarem dispostos a fazer um acordo aceitável.

Os novos pedidos de auxílio-desemprego foram menores do que esperado na semana passada, mas permanecem extremamente altos, o que corrobora a cautela nos negócios.

Entre as commodities, os futuros do minério de ferro na China fecharam em alta, estendendo os ganhos pelo segundo dia, enquanto as bobinas laminadas a quente subiram pela quarta sessão consecutiva.

Também os preços do petróleo buscavam uma recuperação nesta sessão, com Brent em alta de 0,6%.

O dólar rondava a estabilidade contra o real logo após a abertura desta quinta-feira (22), refletindo a cautela dos mercados internacionais diante de apostas arriscadas em meio à alta nos casos da covid-19 na Europa e à incerteza sobre um novo pacote de estímulo fiscal nos Estados Unidos.

Às 9h08, o dólar recuava 0,01%, a R$ 5,6160 na venda, enquanto o dólar futuro de maior liquidez tinha alta de 0,07%, a R$ 5,615.

Últimas