Economia Bolsa de valores abre em alta na manhã desta terça-feira

Bolsa de valores abre em alta na manhã desta terça-feira

Ibovespa, principal indicador acionário do mercado brasileiro, subia 0,07%, a 97.555,59 pontos, nos primeiros negócios do dia

  • Economia | Do R7, com Reuters

Bolsa abriu em alta

Bolsa abriu em alta

Amanda Perobelli/Reuters - 25.07.2019

A bolsa de valores abriu em alta na manhã desta terça-feira (13). Às 10h09, o Ibovespa, principal indicador acionário do mercado nacional, subia 0,07%, a 97.555,59 pontos, na volta de fim de semana prolongado por feriado no país na véspera, em meio a ajustes a altas de papéis brasileiros negociados em Nova York na segunda-feira (12).

Leia mais: STF analisará em plenário na quarta decisão que soltou André do Rap

As bolsas nos EUA fecharam em forte alta na segunda-feira, apoiadas em expectativas de um pacote de alívio do coronavírus nos EUA e na recuperação de Amazon, Apple e outras ações de tecnologia antes da temporada de lucros trimestrais.

Nesta terça-feira, os futuros em Wall Street não mostravam uma tendência única, com os mini contratos do S&P 500 e do Dow Jones com alguma perda, enquanto o do Nasdaq 100 mantinha o viés positivo.

Entre as notícias no radar está a de que a Johnson & Johnson suspendeu os testes clínicos de sua candidata a vacina contra coronavírus devido a uma doença inexplicável em um participante do estudo.

Ainda no exterior, tendem a ser monitorados o lançamento do iPhone 12 prometido pela Apple e o começo do evento Prime Day da Amazon.com, além de vários resultados do trimestre, entre eles os do JPMorgan e do Citi.

"As expectativas são altas, e os participantes do mercado estão claramente apostando na continuidade da recuperação no setor de tecnologia a partir daqui, dando um impulso ao mercado de forma geral", afirmou Milan Cutkovic, analista na Axi.

O dólar era negociado entre estabilidade e alta contra o real no início desta terça-feira (13), em volta de feriado marcada pela cautela global depois que um importante estudo de uma vacina para a covid-19 foi interrompido, enquanto os investidores continuavam de olho na saúde fiscal doméstica.

Às 9h08, o dólar avançava 0,28%, a R$ 5,5424 na venda. Na B3, o dólar futuro tinha alta de 0,15%, a R$ 5,545.

Últimas