Economia Bolsa de valores abre em queda na manhã desta terça-feira 

Bolsa de valores abre em queda na manhã desta terça-feira 

Ibovespa, principal indicador acionário do mercado nacional, fechou em alta de 2,03%, aos 95.735,35 pontos, na segunda-feira (29)

  • Economia | Do R7, com Reuters

Bolsa registrava queda nesta manhã

Bolsa registrava queda nesta manhã

Amanda Perobelli/Reuters

A bolsa de valores abriu em queda os primeiros negócios desta terça-feira (30). Às 10h08, o Ibovespa, principal indicador acionário do mercado brasileiro, caia 0,17%, a 95.570,92 pontos, em meio a um ambiente mais negativo no exterior.

Leia mais: Bolsa começa a aceitar cota de fundo de renda fixa como garantia

No exterior, as bolsas na Ásia fecharam em alta com dados melhores sobre a atividade chinesa, mas a aprovação pelo parlamento chinês da lei de segurança nacional para Hong Kong abriu espaço para receios sobre aumento da tensão EUA-China.

Além disso, o aumento de casos da covid-19 continua alimentando volatilidade, enquanto dados têm respaldado as esperanças de uma recuperação econômica relativamente rápida.

A bolsa paulista caminha para o melhor trimestre em seis anos e meio, em uma forte recuperação após o tombo nos primeiros meses do ano, quando prevaleceu a aversão a risco por causa da pandemia do novo coronavírus.

Até a véspera, o Ibovespa à vista caminhava para fechar o trimestre com elevação de mais de 30%, em movimento que teve como catalisadores a ampla liquidez global e declínio dos juros para taxas historicamente baixa no país.

O dólar era negociado em alta contra o real, voltando a ganhar força depois das perdas da véspera, com o exterior ansioso devido a temores sobre uma segunda onda da covid-19 prejudicando o apetite por risco nesta terça-feira (30).

Às 9h07, o dólar avançava 0,59%, a R$ 5,4570 na venda. Na B3, o dólar futuro subia 0,88%, a R$ 5,4565.

Últimas