Economia Bolsa de valores oscila pouco na abertura desta sexta-feira 

Bolsa de valores oscila pouco na abertura desta sexta-feira 

Após flertar com os 119 mil pontos na véspera o Ibovespa, principal indicador acionário do mercado Brasileiro, subia 0,02%, a 118.420,65 pontos

Reuters
A bolsa operava em oscilação nesta sexta-feira (18)

A bolsa operava em oscilação nesta sexta-feira (18)

Adriana Toffetti/ A7 Press/ Estadão Conteúdo - 24.04.2020

A bolsa paulista não mostrava uma tendência clara nos primeiros negócios desta sexta-feira (18), após flertar com os 119 mil pontos na véspera, mas caminhava para mais uma semana de ganhos, na maior sequência desde 2017, com as ações apoiadas em fluxo externo e perspectivas para a vacinação contra a Covid-19.

Leia mais: Perca o medo da bolsa de valores investindo com ajuda profissional

Às 10:06, o Ibovespa subia 0,02%, a 118.420,65 pontos.

Na semana, acumulava alta de 2,86%, na maior série de ganhos semanais desde a sequência de oito semanas fechando no azul encerrada em 15 de setembro de 2017.

Na quinta-feira, o Ibovespa fechou em alta de 0,46%, a 118.400,57 pontos, marcando 119.027,05 pontos na máxima da sessão, se aproximando de suas máximas históricas.

"Em um ano marcado por forte volatilidade nos mercados, o fim de ano traz perspectivas melhores para 2021 e redução de incertezas sobre a pandemia à medida que se inicia o processo de vacinação no mundo", afirmaram estrategistas do Itaú BBA em relatório a clientes nesta sexta-feira.

"Olhando para 2021, projetamos um ano com cenário mais benigno. Nossas projeções, apontam para um crescimento do PIB em 4%, dólar caindo para 4,75 dólares ante uma previsão de 5,00 dólares, e teto de gastos sendo cumprido, apesar do cenário desafiador", acrescentou a equipe liderada por Fabio Perina.

Últimas