Eleições EUA 2020

Economia Bolsas europeias fecham em forte alta de olho em apuração nos EUA

Bolsas europeias fecham em forte alta de olho em apuração nos EUA

Movimentação ocorre com investidores desfazendo das apostas de uma vitória inquestionável de Joe Biden nas eleições

Reuters - Economia
Mercados globais mudaram de direção nesta sessão

Mercados globais mudaram de direção nesta sessão

Pixabay

As ações europeias encerraram com fortes ganhos nesta quarta-feira (4), com os investidores desfazendo-se das apostas de uma vitória democrata inquestionável nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, já que a corrida se mostrou muito mais acirrada do que as pesquisas previam inicialmente.

O segmento de saúde, normalmente considerado mais estável em tempos de incerteza econômica, subiu 4,9%, enquanto as ações de tecnologia, que impulsionaram uma recuperação nas ações globais desde as mínimas da pandemia, avançaram 3%.

Acompamhe a apuração do votos da eleição nos EUA

Os mercados globais mudaram bruscamente de direção mais cedo, quando o presidente republicano dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu a liderança contra o oponente democrata, Joe Biden, em uma série de Estados-chave, depois de a pesquisas de opinião terem apontaram Biden em forte liderança em todo o país durante meses.

Aumentando as preocupações, Trump alegou, de forma falsa, que havia vencido o pleito, embora milhões de votos ainda não tivessem sido contabilizados, e disse que iria à Suprema Corte dos EUA para lutar pela vitória, caso necessário.

Depois de ter recuado até 1,3% em um momento na sessão, o índice pan-europeu STOXX 600 subiu 2,1%, enquanto o alemão DAX valorizou-se 2% e o FTSE do Reino Unido, subiu 1,7%.

Os mercados europeus subiram, no início desta semana, diante da expectativa de que uma vitória de Biden traria melhores laços comerciais com Washington e um pacote fiscal maior para a economia norte-americana, atingida pelo coronavírus.

• Em LONDRES, o índice Financial Times <.FTSE> valorizou-se 1,67%, a 5.883 pontos.

• Em FRANKFURT, o índice DAX <.GDAXI> teve alta de 1,95%, a 12.324 pontos.

• Em PARIS, o índice CAC-40 <.FCHI> valorizou-se 2,44%, a 4.922 pontos.

• Em MILÃO, o índice Ftse/Mib <.FTMIB> teve alta de 1,96%, a 19.358 pontos.

• Em MADRI, o índice Ibex-35 <.IBEX> registrou ganho de 0,45%, a 6.781 pontos.

• Em LISBOA, o índice PSI20 <.PSI20> teve alta de 0,45%, a 4.067 pontos.

Últimas