Economia Brasil entra no grupo de 15 países com maior geração de energia solar

Brasil entra no grupo de 15 países com maior geração de energia solar

País ultrapassou marca de histórica de 10 GW de potência em usinas de grande porte e em pequenos e médios sistemas

Agência Estado
País evitou a emissão de 10,7 milhões de toneladas de CO2

País evitou a emissão de 10,7 milhões de toneladas de CO2

Divulgação


O Brasil acaba de ultrapassar a marca histórica de 10 gigawatts (GW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica, em usinas de grande porte e em pequenos e médios sistemas instalados em telhados, fachadas e terrenos, informou a Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

Leia também: Conta de luz nas alturas? Conheça as vantagens da energia solar

"Somados, os sistemas fotovoltaicos representam mais de 70% da potência da usina hidrelétrica de Itaipu, segunda maior do mundo e maior da América Latina. Isso reforça o papel estratégico da tecnologia no suprimento de eletricidade no país, fundamental para a retomada do crescimento econômico nacional", disse a entidade em nota.

Com a marca, o país passa a fazer parte dos 15 países com maior capacidade de geração solar instalada, lista liderada pela China (253,8 GW), seguida pelos Estados Unidos (73,8 GW) e Japão (68,6 GW). O Brasil é o único país da América Latina no Top 15, elaborado pela Irena (Agência Internacional parta Energia Renováveis).

De acordo com a Absolar, a fonte solar já trouxe ao Brasil mais de R$ 52,7 bilhões em novos investimentos e gerou mais de 300 mil empregos acumulados desde 2012.

Com isso, evitou a emissão de 10,7 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade.

Últimas