Caixa antecipa calendário do FGTS e todos podem sacar R$ 500 em 2019

Cronograma para os saques imediatos agora será finalizado no dia 18 de dezembro, conforme data de nascimento do trabalhador

Calendário inicial seguiria até março de 2020

Calendário inicial seguiria até março de 2020

Aloisio Maurício/ Fotoarena/ Estadão Conteúdo -11.09.2019

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (21) que vai concentrar em 2019 a liberação dos saques imediatos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço), ante calendário prévio que ia até março. A medida deve dar um impulso adicional à atividade econômica neste ano.

Agora, o cronograma de início de saque irá de 18 de outubro a 18 de dezembro, conforme data de nascimento do trabalhador.

Antes, o calendário ia até março do ano que vem, sendo que todos os trabalhadores sem conta poupança na Caixa nascidos a partir de julho poderiam fazer a retirada somente em 2020.

Veja também: Saque de R$ 500 é armadilha para o trabalhador?

Novo cronograma:

Arte/ R7

Os saques são limitados a R$ 500 por conta. Com o desenho anterior, o governo havia projetado a liberação de R$ 28 bilhões em 2019 e outros R$ 12 bilhões no próximo ano, somando R$ 40 bilhões no total.

Considerando ainda a liberação prevista de R$ 2 bilhões de recursos do PIS/Pasep em 2019, o governo havia estimado um impulso adicional de 0,35 ponto percentual no PIB (Produto Interno Bruto) distribuídos entre este ano e o ano que vem. Com a mudança, a ajuda à atividade econômica deverá ser toda sentida em 2019.