Bolsa Família

Economia Caixa encerra calendário de saque da 5ª parcela do auxílio

Caixa encerra calendário de saque da 5ª parcela do auxílio

Nascidos em dezembro podem resgatar o valor em dinheiro ou fazer transferência bancária a partir desta segunda-feira

Caixa termina pagamento da 5ª parcela do auxílio emergencial nesta segunda (20)

Caixa termina pagamento da 5ª parcela do auxílio emergencial nesta segunda (20)

ELIANE NEVES/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO-08/06/2021

A Caixa encerra nesta segunda-feira (20) o calendário de saque da quinta parcela do auxílio emergencial, com a liberação para os nascidos em dezembro. Os recursos para esse grupo foram disponibilizados pela Caixa para o grupo no último dia 31 de agosto.

Leia também: Devolução do auxílio emergencial supera R$ 1 bilhão no IR 2021

A partir desta terça-feira (21), começa o depósito da sexta e penúltima parcela para o grupo de trabalhadores informais inscritos pelo CadÚnico ou aplicativo da Caixa. 

O dinheiro primeiro é depositado na conta poupança digital, que pode ser movimentada por meio do aplicativo Caixa Tem, permitindo o pagamento de contas essenciais, boletos e realização de compras. Além disso, os beneficiários também podem fazer transferências instantâneas entre bancos via PIX (exceto para contas de mesma titularidade). Depois começa o calendário de saques e transferências bancárias.

Já os beneficiários do Bolsa Família já começaram a receber a 6ª parcela do auxílio na última sexta-feira (17). Esse grupo segue as datas normais de pagamento do programa, que são sempre nos últimos dez dias úteis do mês. Nesta segunda, recebem os que têm o número final 2 do NIS (Número de Identificação Social).

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender a população de baixa renda afetada pela pandemia. O benefício foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1.200 para mães chefes de família e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; mulheres chefes de família têm direito a R$ 375; e pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício. Em novembro, os beneficiários mais vulneráveis devem começar a receber o Auxílio Brasil, programa idealizado pelo governo Bolsonaro para substituir o Bolsa Família.

Confira o calendário de saque da 5ª parcela do auxílio

Nascidos em janeiro: 1º de setembro
Nascidos em fevereiro: 2 de setembro
Nascidos em março: 3 de setembro
Nascidos em abril: 6 de setembro
Nascidos em maio: 9 de setembro
Nascidos em junho: 10 de setembro
Nascidos em julho: 13 de setembro
Nascidos em agosto: 14 de setembro
Nascidos em setembro: 15 de setembro
Nascidos em outubro: 16 de setembro
Nascidos em novembro: 17 de setembro
Nascidos em dezembro: 20 de setembro

Confira o calendário da 6ª parcela do auxílio para o Bolsa Família


Final do NIS 1: 17/9
Final do NIS 2: 20/9
Final do NIS 3: 21/9
Final do NIS 4: 22/9
Final do NIS 5: 23/9
Final do NIS 6: 24/9
Final do NIS 7: 27/9
Final do NIS 8: 28/9
Final do NIS 9: 39/9
Final do NIS 0: 30/9

Últimas