Economia Casa Branca ainda vê 'divergências significativas' com democratas sobre estímulos

Casa Branca ainda vê 'divergências significativas' com democratas sobre estímulos

Diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Larry Kudlow afirmou nesta quinta-feira que as conversas sobre estímulos fiscais nos Estados Unidos continuam. "Tendo dito isso, ainda há diferenças significativas de política entre os dois lados", disse ele, durante entrevista à Fox News.

Kudlow disse que entre as divergências estão verba para Estados democratas em dificuldades e garantias contra processos para empresas na reabertura econômica.

Segundo o assessor econômico, a questão da ajuda a Estados poderia ficar para discussão em um momento posterior. Kudlow disse que há ainda divergências sobre "seguro-saúde e dinheiro para imigrantes ilegais".

Na avaliação dele, há "certo otimismo" sobre a chance de um acordo, mas segue o impasse.

Questionado sobre a chance de uma solução antes da disputa eleitoral de 3 de novembro, ele comentou: "O tempo está passando. Em algum momento, é preciso se questionar. Apenas para ter um acordo legislativo, aprovar nas duas Casas e confirmar isso, leva algum tempo."

Últimas