Economia Centro de SP é o endereço preferido de solteiros e casais sem filhos

Centro de SP é o endereço preferido de solteiros e casais sem filhos

Santa Cecília, Cerqueira Cesar, Consolação, Liberdade, Brás, Sé, Bom Retiro e Cambuci lideram busca por imóveis dos compradores com o perfil

Cento de SP é o endereço preferido de solteiros e casais sem filhos

"Só tenho benefícios", diz estudante que mudou há 1 ano

"Só tenho benefícios", diz estudante que mudou há 1 ano

Getty Images

A estudante de publicidade Manuela Pita, de 25 anos, trabalha na avenida Paulista e estuda no bairro da Consolação. Há um ano, ela decidiu arrumar as malas e mudar seu endereço para o centro da cidade de São Paulo com o objetivo de “facilitar seu dia a dia”.

Manuela conta que após realizar inúmeras pesquisas optou por um imóvel na avenida São João, no coração da capital paulista. A estudante afirma que o novo endereço “facilitou” sua vida e a proporcionou uma boa economia de tempo. “Fiz uma conta e hoje economizo 10 horas por semana para estudar e fazer outras coisas”.

“Eu só tenho benefícios. Consigo ficar nos locais até mais tarde com meus amigos e acontece muitas vezes de amigas minhas dormirem na minha casa”, relata a estudante.

A opção de Manuela vai em linha com a preferência dos solteiros e casais sem filhos. Um levantamento, realizado pelo portal imobiliário Meu Imóvel, aponta que a região dos bairros Santa Cecília, Cerqueira Cesar, Consolação, Liberdade, Brás, Sé, Bom Retiro e Cambuci lideram a preferência dos compradores com o perfil.

De acordo com o diretor financeiro do Meu Imóvel, Eduardo Pizzotti, afirma que a opção pela busca por moradia mais próxima ao centro reflete o perfil de comprador que passou a ser cobiçado pelas construtoras. “Os empreendimentos na região central já são pensados para esse público. Dificilmente eles têm uma metragem maior, mais de dois cômodos e uma brinquedoteca, por exemplo, que é claramente feita para criança”, diz ele.   

Pizzotti ainda menciona as mudanças recentes realizadas no centro como fundamentais para a maior atratividade da região: “Há uns 10 anos, o centro passou por um processo de revitalização e atraiu um pouco o olhar do pessoal que olhava para a região como um lugar mais sujo, mais feio e abandonado”.

Outro fator citado pelo diretor financeiro do portal imobiliário está relacionado com o lazer e a proximidade dos meios de transportes oferecido pela região. Segundo ele, a localização se sobrepõe aos metros quadrados mais valorizados. “Pela estrutura dos projetos que estão sendo feitos, é uma alternativa viável”, avalia Pizzotti. 

O levantamento mostra ainda que Tatuapé e na Vila Mariana lideram a preferência dos casais com filho e que todos os perfis analisados veem com áreas de lazer dentro do condomínio, como piscina e academia, como principais diferenciais na hora de fechar negócio.

Ao comentar o resultado da pesquisa, Manuela diz que vai ser um “ponto fora da curva” porque “vai continuar querendo viver no centro” após ter filhos. “Se eu não continuar aqui, não vendo o apartamento porque um dia meu filho vai querer vir morar aqui”.