China emite cotas para compras de soja dos EUA sem tarifas, dizem fontes

PEQUIM (Reuters) - A China concedeu nesta terça-feira a grandes empresas locais e internacionais cotas livres de tarifa para a importação de soja dos Estados Unidos, disseram três fontes com conhecimento de uma reunião realizada pelo governo para discutir o tema.

A cota para importações de soja dos EUA foi concedida para processadores estatais, privados e grandes "tradings" internacionais com plantas de processamento na China, disseram duas das fontes.

Cotas para um total de 10 milhões de toneladas foram concedidas no encontro, que foi promovido por uma agência estatal de planejamento, disse uma das fontes. O volume também foi citado pela publicação AgriCensus nesta terça-feira.

A reunião vem após o presidente norte-americano Donald Trump ter afirmado que a China concordou em comprar até 50 bilhões de dólares em produtos agrícolas dos EUA por ano em meio a negociações comerciais entre os países mais cedo neste mês.

A planejadora estatal chinesa, Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, não respondeu tentativas de contato após o horário comercial.

(Por Hallie Gu e Dominique Patton em Pequim e Naveen Thukral em Cingapura)