China

Economia China injeta R$ 82 bi no sistema financeiro, de olho em Evergrande

China injeta R$ 82 bi no sistema financeiro, de olho em Evergrande

Após liberação do Banco do Povo da China, relatos apontam que o governo chinês irá reestruturar a incorporadora e estatizá-la

Agência Estado
Crise movimentou mercado financeiro na última semana

Crise movimentou mercado financeiro na última semana

Aly Song/Reuters - 22.9.2021

O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) injetou mais de R$ 82 bilhões (quase US$ 15,5 bilhões) em recursos no sistema financeiro chinês através de operações de recompra reversa de 14 dias nesta segunda-feira (27).

A movimentação é mais uma tentativa de manter a liquidez do sistema bancário em meio a preocupações com as dificuldades financeiras da gigante do setor imobiliário chinês Evergrande.

Somente neste mês de setembro, o PBoC intensificou as injeções de capital diante de crescentes sinais de insolvência da Evergrande. Na quinta-feira (23), uma subsidiária da empresa falhou em honrar o pagamento de juros sobre bônus externos.

Desde a semana passada, circulam relatos de que o governo chinês irá reestruturar a Evergrande e estatizá-la. A gigante do mercado imobiliário fez bolsas de valores de todo o mundo desabarem na semana passada após evidenciar a possibilidade de não arcar com mais de R$ 1,6 trilhão (US$ 300 bilhões) de suas dívidas.

Últimas