Economia China mantém inesperadamente taxa de MLF apesar de corte de juros emergencial nos EUA

China mantém inesperadamente taxa de MLF apesar de corte de juros emergencial nos EUA

Reuters

XANGAI (Reuters) - O banco central da China deixou inalterados os custos de seus empréstimos de médio prazo nesta segunda-feira, apesar de outro corte emergencial de juros de 1 ponto percentual feito pelo Federal Reserve nos Estados Unidos horas antes para combater o choque econômico de um surto do coronavírus.

O Banco do Povo da China disse que vai manter a taxa de seu instrumento de empréstimo de médio prazo de um ano (MLF) para instituições financeiras em 3,15%.

A medida desta segunda-feira deve oferecer uma indicação para a determinação da taxa de empréstimo primária referencial mensal (LPR), que será anunciada na sexta-feira.

O banco central também disse no comunicado que injetou 100 bilhões de iuanes (14,29 bilhões de dólares) em instituições financeiras nesta segunda-feira.

(Reportagem de Winni Zhou e Andrew Galbraith em Xangai, Huizhong Wu em Pequim)

Últimas