China mantém taxa de empréstimo LPR pelo segundo mês seguido em janeiro

XANGAI (Reuters) - A China deixou inalterada sua taxa de empréstimo referencial pelo segundo mês seguido nesta segunda-feira, depois que o banco central decidiu não alterar os custos de empréstimos de médio prazo mais cedo neste mês.

A taxa primária de empréstimo de um ano (LPR) foi mantida em 4,15% em relação à fixação do mês anterior. A LPR de cinco anos permaneceu em 4,80%.

Pesquisa da Reuters na semana passada mostrou que os mercados financeiros da China estavam praticamente divididos sobre se a taxa de empréstimo referencial seria reduzida neste mês, em mais uma tentativa de sustentar a economia, ou se seria mantida.

As visões mistas se deram porque o Banco do Povo da China injetou novos fundos através de seu instrumento de empréstimo de médio prazo (MLF) no sistema bancário na semana passada, mas deixou os juros inalterados.

A MLF, uma das principais ferramentas para gerenciar de maneira flexível a liquidez de longo prazo no sistema bancário, serve agora como guia para a nova LPR.

(Reportagem de Winni Zhou e David Stanway)