Finanças Pessoais

Economia Com dólar alto, gasto de brasileiro no exterior recua 32% e chega ao menor nível em 5 anos

Com dólar alto, gasto de brasileiro no exterior recua 32% e chega ao menor nível em 5 anos

Despesas de viajantes para fora do País totalizaram US$ 17,3 bi no ano passado, afirma BC

  • Economia | Do R7, com Agência Brasil

Desvalorização do real frente ao dólar freou viagens internacionais

Desvalorização do real frente ao dólar freou viagens internacionais

Ricardo Moraes/11.11.2015/Reuters

A escalada do dólar, que atualmente está na casa de R$ 4,10, prejudicou as viagens de brasileiros para o exterior. Com isso, os gastos de turistas em outros países recuaram 32,1% no ano passado na comparação com 2014 e chegaram ao menor nível em cinco anos, informou o BC (Banco Central) nesta terça-feira (26).

Em 2015, as despesas dos viajantes brasileiros em outros países totalizaram R$ 71,4 bilhões (US$ 17,3 bilhões). Em 2014, esses gastos haviam sido pelo menos R$ 32,6 bilhões (US$ 8 bilhões) maiores, quando chegaram a R$ 104 bilhões (US$ 25,5 bilhões), conforme o balanço de pagamentos do BC.

Trata-se do menor valor desde 2010, quando os gastos de brasileiros fora do País alcançaram US$ 15,9 bilhões.

Saiba como o dólar caro afeta a sua vida

Leia mais notícias de Economia

Teoricamente, com o dólar mais alto, o Brasil ficou mais barato para os estrangeiros. Mas os resultados do BC não mostraram isso. 

As receitas obtidas pelo Brasil com os gastos dos estrangeiros no País também recuaram: de US$ 6,84 bilhões em 2014 para US$ 5,84 bilhões no ano passado. A diferença representa um recuo de 14,5% de um ano para o outro.

Com esses dados de receitas e despesas, a conta das viagens internacionais do Brasil em 2015 ficou no negativo em US$ 11,5 bilhões, contra US$ 18,7 bilhões em 2014 — uma diminuição de 38,5% de um ano para o outro. Em outras palavras, significa dizer que o brasileiro gastou US$ 7,2 bilhões a menos no exterior no ano passado.

Dezembro

Considerando apenas o mês de dezembro de 2015, quando tradicionalmente as famílias brasileiras viajam para outros países, as despesas chegaram a US$ 1,2 bilhão, enquanto, em 2014, os gastos foram de R$ 2,12 bilhões no mesmo mês — um recuo de 42,3%.

Por outro lado, com o dólar valorizado, os gastos de estrangeiros no Brasil saltaram de US$ 538 milhões em dezembro de 2014 para US$ 592 milhões no mês passado, segundo o BC. Isso significa uma alta de 10% nas receitas conquistadas pelo País com os estrangeiros.

Últimas