Economia Comércio paulista registra elevação média de 17,1% nas vendas em novembro

Comércio paulista registra elevação média de 17,1% nas vendas em novembro

O comércio paulista registrou elevação média de 17,1% nas vendas em novembro, em comparação com outubro. Se comparado a novembro de 2019, o resultado foi de 5% de queda. Esse é o melhor patamar em relação ao ano passado desde o início da pandemia.

Em maio, auge das perdas causadas pelo novo coronavírus, o resultado de vendas foi 67% mais baixo que o mesmo período de um ano atrás. Os dados são do Balanço de Vendas, indicador da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com base nos dados fornecidos pela Boa Vista S/A.

Antes da pandemia, a ACSP projetava um crescimento nas vendas em torno de 3% para o amo de 2020. Hoje a expectativa é de que o ano se encerrará com perda total de 4,5%, em relação a 2019. "É como se este ano não tivesse existido", afirmou Marcel Solimeo, economista da ACSP. "Acreditamos que a passagem por 2021 será como se estivéssemos indo ainda para 2020 agora", afirma. "Crescimento, mesmo, só acreditamos que vá ocorrer em 2022", emendou.

Quanto ao resultado da Black Friday para o setor, Solimeo destaca o resultado dos e-commerces. "Embora não tenhamos ainda um balanço definitivo dessas vendas, as prévias indicam que já podemos considerar o período de promoções como sendo bem-sucedido para o comércio, principalmente, para os varejistas que trabalham com e-commerce", afirmou. "As lojas online impactaram este Balanço de Vendas do mês de forma positiva".

Últimas