Inflação

Economia Compras nos supermercados caem 2,33% em agosto, diz Abras

Compras nos supermercados caem 2,33% em agosto, diz Abras

Associação do setor diz que desemprego alto e redução das parcelas do auxílio emergencial prejudicaram consumo nas lojas

  • Economia | Do R7

Consumo foi menor também porque a cesta básica ficou 1,07% mais cara em agosto

Consumo foi menor também porque a cesta básica ficou 1,07% mais cara em agosto

Tânia Rêgo /Agência Brasil

A Abras (Associação Brasileira de Supermercados) divulgou nesta quinta-feira (14) que o INC (Índice Nacional de Consumo nos Lares Brasileiros) caiu 2,33% em agosto na comparação com o mês anterior.

Em relação a agosto do ano passado, o índice recuou 1,78%.

Segundo o vice-presidente da Abras, Marcio Milan, a queda no consumo se deve à diminuição do número de empregos no Brasil, à inflação e também à redução do auxílio emergencial, benefício que foi pago pelo governo federal durante a pandemia e garantiu boa parte dos lucros do setor em 2020 e no início de 2021.

A Abrasmercado, cesta básica com 35 produtos escolhidos pela entidade, ficou 1,07% mais cara em agosto e acumula alta de 6,41% no ano.

No mesmo período, o IPCA de alimentos teve alta de 4,77%.

Últimas