Economia Conselho pede privatização de oito terminais portuários do país

Conselho pede privatização de oito terminais portuários do país

Cronograma do órgão sugere que leilões sejam feitos até o segundo trimestre de 2022; três vendas ocorreriam neste ano

  • Economia | Do R7

Três terminais do Porto de Paranaguá, no Paraná, devem ser leiloados em 2022

Três terminais do Porto de Paranaguá, no Paraná, devem ser leiloados em 2022

Porto de Paranaguá / Facebook

O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (18) a sugestão de privatização de oito terminais portuários do país até o segundo trimeste de 2022. 

Os nomes serão submetidos à apreciação do presidente Jair Bolsonaro.

Dos oito terminais, três seriam leiloados ainda em 2021: o ITG03, no Porto de Itaguaí (RJ), com 22.564 m², o IMB05, em Imbituba (SC), abrangendo a área de 7.455 m², e o SSD09, no Porto de Salvador (BA), com 16.026 m².

No primeiro trimestre de 2022 ocorreriam as vendas do MUC59, em Mucuripe (CE), com 25.628 m², e do maior de todos os terminais da lista, o STS10, no Porto de Santos (SP), abrangendo 463.843 m², dedicado à movimentação e armazenagem de cargas conteinerizadas;

Ficariam para o segundo trimestre de 2022 três terminais do Porto de Paranaguá, no Paraná: o PAR15, com 40.603 m², o PAR09 (34.688 m²) e o PAR14 (51.789 m²).

Últimas