Novo Coronavírus

Economia Consumo em restaurantes desaba quase 30% em janeiro, aponta Fipe

Consumo em restaurantes desaba quase 30% em janeiro, aponta Fipe

Índices de Consumo em Restaurantes recuou 43,1% na comparação com o mesmo período de 2019

Número de restaurantes com transações caiu quase 3%

Número de restaurantes com transações caiu quase 3%

Marcelo D. Sants/Framephoto/Estadão Conteúdo

O consumo em restaurantes, bares, lanchonetes e padarias registrou queda de 27,2% em janeiro, de acordo com levantamento feito pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), em parceria com a Alelo.

Os ICR (Índices de Consumo em Restaurantes) mostram que houve ainda uma retração de 43,1% no volume de transações realizadas na comparação com janeiro de 2019.

O indicador mostra ainda que o número de estabelecimentos comerciais que efetivaram transações também foi inferior ao observado no mesmo mês de 2019 (-2,8%).

"Mesmo que os números dos valores gastos apresentem uma melhora, quando comparados ao mês anterior, os resultados ainda são piores do que os registrados em outubro e novembro de 2020", lamenta o presidente da Alelo, Cesário Nakamura.

Por outro lado, os supermercados, depois de observarem uma baixa no valor gasto em dezembro (-3,1%), voltaram a apresentar números positivos em janeiro, com alta de 5,4%.

Segundo os pesquisadores da Fipe, a análise dos últimos resultados, referentes ao segmento de supermercados, evidencia que os níveis de consumo voltaram a replicar o padrão exibido ao longo do segundo semestre de 2020, após queda acentuada apresentada de dezembro.

Últimas