Déficit comercial dos EUA sobe a US$ 48,88 bilhões em dezembro

O déficit comercial dos Estados Unidos cresceu 11,9% em dezembro de 2019 ante o mês anterior, a US$ 48,88 bilhões, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Comércio americano. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam déficit comercial um pouco menor em dezembro, de US$ 48,3 bilhões.

O saldo negativo da balança de novembro foi ligeiramente revisado para cima, de US$ 43,09 bilhões para US$ 43,69 bilhões.

As exportações dos EUA subiram 0,8% em dezembro ante novembro, a US$ 209,64 bilhões, mas as importações tiveram expansão maior no mesmo período, de 2,7%, a US$ 258,52 bilhões.

Ao longo de 2019, o déficit comercial dos EUA em bens e serviços encolheu 1,7%, a US$ 616,8 bilhões, apresentando sua primeira redução desde 2013.

Apenas com a China, o déficit americano no comércio de bens registrou queda de 17,6% no ano passado, a US$ 345,62 bilhões, atingindo o menor patamar desde 2014. As exportações de bens dos EUA para a China recuaram 11,3% no ano passado, enquanto as importações de bens do país asiático caíram 16,2%.

Em meados de janeiro, os EUA fecharam um acordo comercial preliminar com a China, revertendo parte de tarifas adicionais que haviam imposto a produtos um do outro. Fonte: Dow Jones Newswires.