Economia Distribuição vê mercado de aço no Brasil normalizado, não espera novos reajustes de usinas

Distribuição vê mercado de aço no Brasil normalizado, não espera novos reajustes de usinas

SIDERURGIA-INDA-JUNHO:Distribuição vê mercado de aço no Brasil normalizado, não espera novos reajustes de usinas

Reuters - Economia

SÃO PAULO (Reuters) - O setor de distribuição de aços planos do Brasil avalia que o mercado nacional está atingindo a normalidade após viver uma situação de praticamente um ano de desequilíbrio entre oferta e demanda gerada pelos impactos das medidas de isolamento social.

"Praticamente não tem nenhum distribuidor reclamando de falta de matéria-prima", disse o presidente da associação que representa a distribuição de aços planos, Inda, Carlos Loureiro, a jornalistas, nesta terça-feira.

"Não existe mais fobia por compra, por outro lado...o que se fala é de queda nas margens. Estamos caminhando para margens (de lucro) normais", afirmou o executivo.

Segundo ele, dado o esperado grande volume de aço importado que deve chegar ao Brasil entre este mês e agosto, além dos preços internacionais em relativa estabilidade atualmente, "dificilmente vamos ter outro aumento de preço pelas usinas este ano".

Desde janeiro, os preços de aços planos vendidos pelas usinas nacionais aos distribuidores no país acumularam alta de cerca de 65%, afirmou Loureiro.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Últimas