Economia Dobrar recursos do Meio Ambiente exigirá compensação, diz Economia

Dobrar recursos do Meio Ambiente exigirá compensação, diz Economia

Secretário do Orçamento afirma que medida citada por Salles só será possível com retirada de recursos de outra pasta

  • Economia | Do R7

Meio Ambiente não sofreu bloqueios no Orçamento

Meio Ambiente não sofreu bloqueios no Orçamento

Ueslei Marcelino/Reuters - 22.4.2021

Um dia após o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, dizer que o presidente Jair Bolsonaro iria dobrar as verbas destinadas à pasta, o secretário responsável pelo Orçamento Federal, George Soares, afirmou que a liberação só será possível com uma compensação.

"Qualquer necessidade, tanto no Meio Ambiente, como em qualquer outra pasta, vai ser apresentada ainda, na Junta de Execução Orçamentária, e terá que ser feita uma suplementação, retirando de outro órgão", disse Soares em entrevista para explicar os vetos no Orçamento de 2021.

Soares ressaltou que Ministério do Meio Ambiente não sofre bloqueio neste momento e precisa apresentar um pedido para análise. Na fala feita após a participação de Bolsonaro em Cúpula do Clima, Salles disse que a antecipação das metas ambientais anunciadas pelo presidente ocorrerá na medida em que chegarem recursos externos.

No discurso, Bolsonaro anunciou a meta da zerar até 2030 o desmatamento ilegal e reduzir emissões em 50% até lá. Ele ainda pediu justa remuneração dos países pelos serviços ambientais.

Últimas