Lula

Economia Dólar dispara e se aproxima de R$ 5,80 após decisão de Fachin

Dólar dispara e se aproxima de R$ 5,80 após decisão de Fachin

Às 15h56, o dólar à vista saltava 1,73%, a R$ 5,7825 na venda. Na máxima, foi a R$ 5,7865, alta de 1,80%

Reuters
Às 15h56, o dólar à vista saltava 1,73%, a R$ 5,7825 na venda

Às 15h56, o dólar à vista saltava 1,73%, a R$ 5,7825 na venda

Jeso carneiro - flickr

O dólar já vinha em alta e disparou no meio da tarde desta segunda-feira (8), pulando cerca de 5 centavos de real em três minutos, depois da notícia de que o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou todas as condenações impostas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela 13ª Vara Federal de Curitiba no âmbito da operação Lava Jato.

Assim, Lula ficaria elegível para a eleição presidencial de 2022. A decisão de Fachin será posteriormente avaliada pelo plenário do STF. 

No fim de semana, a imprensa publicou levantamento do Inteligência em Pesquisa e Consultoria segundo o qual Lula teria mais potencial de voto do que Bolsonaro.

Às 15h56, o dólar à vista saltava 1,73%, a R$ 5,7825 na venda. Na máxima, foi a R$ 5,7865, alta de 1,80%.

O real tem o segundo pior desempenho global na sessão com as perdas lideradas pela lira turca (-2,7%).

Últimas