Economia Dólar fecha em queda de 0,55%, a R$ 5,50, após intervenção do BC

Dólar fecha em queda de 0,55%, a R$ 5,50, após intervenção do BC

Já o Ibovespa subiu 1,31%, aos 113.653,06 pontos, com ações de empresas de consumo, construtoras e de comércio eletrônico

Reuters
O dólar teve a maior desvalorização percentual diária desde o dia 1º deste mês (-1,47%)

O dólar teve a maior desvalorização percentual diária desde o dia 1º deste mês (-1,47%)

REUTERS/Ricardo Moraes - 10/09/2015 - ARQUIVO

O dólar fechou em baixa nesta quarta-feira (13), a primeira significativa em mais de dez dias, sendo puxado de máximas acima de R$ 5,57 por uma intervenção surpresa do Banco Central no mercado de câmbio quando o real liderava as perdas entre os pares globais.

Ainda assim, a cotação encerrou acima da linha psicológica de R$ 5,50, tida como um termômetro de maior aversão a risco depois de eventos recentes que catapultaram a moeda acima desse patamar.

O dólar à vista caiu 0,55%, a R$ 5,508 na venda, maior desvalorização percentual diária desde o dia 1º deste mês (-1,47%).

Ao longo da jornada, a divisa oscilou de R$ 5,5743 (+0,65%) a R$ 5,4997 (-0,70%).

Já o principal índice da bolsa brasileira subiu nesta quarta-feira, seguindo a tendência global de maior apetite por risco e apoiado sobretudo em ações ligadas ao mercado doméstico.

De acordo com números preliminares, o Ibovespa subiu 1,31%, aos 113.653,06 pontos, montado principalmente sobre ações de empresas de consumo, construtoras, e de comércio eletrônico.

O giro financeiro da sessão, marcada pelo vencimento dos contratos de futuros, somava R$ 29,7 bilhões.

Últimas