Dólar fecha na mínima em 6 semanas e tem maior queda semanal desde fevereiro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda pelo terceiro pregão consecutivo nesta sexta-feira, com o real voltando a figurar entre os destaques positivos nos mercados de câmbio em novo dia de dólar amplamente fraco.

A cotação acumulou na semana a maior desvalorização em mais de oito meses.

No fechamento desta sexta, o dólar à vista caiu 0,79%, a 4,0569 reais na venda, no menor patamar para um encerramento desde 21 de agosto (4,0314 reais na venda).

Na mínima do dia, a cotação marcou 4,0529 reais na venda (-0,89%), menor patamar intradia desde 13 de setembro.

No acumulado da semana, o dólar spot recuou 2,39%, maior queda semanal desde a semana encerrada em 1º de fevereiro de 2019 (-2,91%).

Na B3, o dólar futuro recuava 0,73% no dia, a 4,0630 reais.

None

(Por José de Castro)