Economia Dólar sobe e fecha a segunda-feira cotado a R$ 5,24

Dólar sobe e fecha a segunda-feira cotado a R$ 5,24

Alta de 0,66% da moeda ocorreu em meio a intervenção do BC após salto de 2% da divisa norte-americana

Reuters
Dólar atingiu maior patamar desde o começo do mês

Dólar atingiu maior patamar desde o começo do mês

diego tesio / flickr

O dólar começou a última semana do ano em alta, chegando a saltar mais de 2% no pior momento desta segunda-feira (28), o que chamou o BC (Banco Central) ao mercado, num contexto de forte pressão compradora de moeda em meio a saídas de recursos e à expectativa de robusto ajuste de posições na virada do ano.

Na sessão, a moeda norte-americana fechou com ganho de 0,66%, a R$ 5,2406 na venda, maior patamar desde 2 de dezembro (R$ 5,2422). Na mínima, atingida ainda na primeira meia hora de negócios, a cotação desceu a R$ 5,1646, queda de 0,8%, captando o bom humor internacional, que persistia nesta tarde.

Leia mais: Expectativa para o PIB de 2020 segue em queda de 4,4%, diz BC

Mas a moeda passou a tomar fôlego e, na máxima, alcançada por volta de 14h, saltou 2,05%, a R$ 5,3131. Às 14h14, o BC anunciou que ofertaria dólares no mercado à vista, em operação que, no fim, representou injeção de US$ 530 milhões no mercado spot. Foi o primeiro leilão do tipo desde 30 de outubro.

Últimas