Dólar tem maior queda de 2020 e volta a valer R$ 4,17

Recuo de 0,71% da moeda norte-americana foi a maior desde o dia 30 de dezembro do ano passado

Dólar caiu em dia de alívio nos mercados globais

Dólar caiu em dia de alívio nos mercados globais

Marcelo Del Pozo/Reuters - 16.11.2014

O dólar teve nesta quarta-feira (22) a maior queda percentual diária de 2020, voltando à casa de R$ 4,17 em ajuste depois de na véspera ter fechado acima do patamar de R$ 4,20 pela primeira vez desde o começo de dezembro.

Na sessão, a moeda norte-americana à vista fechou em queda de 0,71%, a R$ 4,176 na venda. Trata-se da maior desvalorização percentual diária desde 30 de dezembro do ano passado (-0,91%).

A queda do dólar no Brasil nesta sessão espelhou o movimento contra outras divisas emergentes, em dia de alívio nos mercados globais pelo entendimento de que a China está empenhada em conter o surto de um novo vírus que já matou 17 pessoas no país asiático e infectou mais de 540.