Economia Donos de carros placa 0 têm até hoje para quitar IPVA com desconto

Donos de carros placa 0 têm até hoje para quitar IPVA com desconto

Pagamento do imposto com desconto ou da primeira parcela pode ser feito pela rede bancária ou nas casas lotéricas

Pagamento integral do IPVA tem desconto de 3%

Pagamento integral do IPVA tem desconto de 3%

Ronaldo Silva/Futura Press/Folhapress - 03.01.2020

Os donos de carros, caminhonetes, ônibus e motos com placa final 0 registrados em São Paulo têm até esta quarta-feira (20) para pagar o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) 2021 com desconto de 3%.

A quitação vale para todos motoristas que optarem pelo pagamento do imposto à vista. Para um proprietário com um IPVA no valor de R$ 1.000, por exemplo, o desconto ao pagar o valor integral equivale a R$ 30.

Leia mais: Vale a pena aproveitar o desconto de 3% e pagar o IPVA à vista?

Hoje é o último dia para o pagamento do imposto com desconto. O IPVA ainda poderá ser quitado de uma só vez em fevereiro ou em três prestações, com o primeiro vencimento para os veículos de placa final 0 também nesta quarta. (VEJA A TABELA ABAIXO).

Cabe ressaltar que para antecipar o licenciamento anual do veículo é necessário quitar integralmente todos os débitos, compreendendo o IPVA, a taxa de licenciamento, o prêmio do Seguro DPVAT e, se for o caso, multas de trânsito.

Como pagar?

O IPVA pode ser pago em casas lotéricas, terminais de autoatendimento ou agências bancárias. O pagamento pode ser feito também pela internet, via débito agendado ou por outros canais oferecidos pela instituição bancária.

Para isso, é necessário ter em mãos o número do Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor) do automóvel para checar o valor integral e as parcelas do IPVA 2021 em uma agência bancária credenciada ou diretamente no site da Secretaria da Fazenda.

Quem deixar de realizar o pagamento do imposto ficarão sujeitos a uma multa de 0,33% por dia de atraso e juros com base na taxa Selic. Após 60 dias, o percentual da multa passa a ser 20% do valor total do imposto devida.

Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Últimas