Dow Jones dispara mais de 11% e tem melhor dia desde 1933

Por Noel Randewich

NOVA YORK (Reuters) - O índice Dow Jones disparou nesta terça-feira, registrando seu maior ganho percentual diário desde 1933, depois de parlamentares dos Estados Unidos afirmarem que estão próximos de um acordo para um pacote de resgate econômico, o que injetou uma dose de otimismo nos mercados, que ainda se recuperam da mais forte onda de vendas desde a crise financeira.

Todos os três principais índices acionários norte-americanos se recuperaram fortemente da brutal queda de segunda-feira, à medida em que o surto de coronavírus forçava nações inteiras a paralisarem serviços.

Democratas e republicanos disseram nesta terça-feira que estavam próximos de um acordo em torno de um pacote de estímulo de 2 trilhões de dólares, que tem o objetivo de fornecer auxílio financeiro aos norte-americanos desempregados e ajudar setores da economia em dificuldades.

A esperada medida legislativa se soma às agressivas ações anunciadas pelo Federal Reserve (Fed, banco central do país) nos últimos dias, incluindo a compra de títulos corporativos e o anúncio de que o banco central dos EUA fará empréstimos diretos a empresas.

King Lip, estrategista-chefe de investimentos da Baker Avenue Asset Management, em San Francisco, disse que as expectativas sob o pacote de estímulo estão gerando otimismo em Wall Street, mas ressalvou que sua gestora ainda está esperando o momento de voltar às compras no mercado.

"Com todo esse estímulo, precisamos apenas de um catalisador para acender o fogo", disse Lip. "Essa faísca será o pico dos casos e, quando começar a haver diminuição, acho que é quando tudo vai ficar claro."

Investidores também ficaram satisfeitos depois que o presidente Donald Trump disse na segunda-feira que estava estudando como reativar parte da atividade empresarial quando se encerrar na semana que vem uma paralisação de 15 dias, apesar da rápida disseminação do vírus, que é altamente contagioso, e de hospitais mal equipados que podem enfrentar uma onda de óbitos pela doença.

O Dow Jones saltou 11,37%, terminando em 20.704,91 pontos. O S&P 500 subiu 9,38%, para 2.447,33 pontos. O Nasdaq Composite avançou 8,12%, para 7.417,86 pontos.

Boeing impulsionou os ganhos do Dow, saltando quase 21% depois de o presidente-executivo da companhia, Dave Calhoun, dizer que a fabricante de aviões espera que o jato 737 MAX retorne aos céus em meados do ano. As ações da Boeing perderam quase dois terços de seu valor até agora em 2020.