Dreyfus e Luckin lançam parceria para unidade de torrefação de café na China

SÃO PAULO (Reuters) - A Louis Dreyfus Company (LDC) e a chinesa Luckin Coffee anunciaram nesta segunda-feira o lançamento da pedra fundamental da sua unidade torrefadora de café conjunta em Xiamen, na China, que terá capacidade para 30 mil toneladas ao ano.

Espera-se que a fábrica inicie a produção em meados de 2021, e que sua capacidade anual seja ampliada para até 40 mil toneladas em uma segunda fase de construção.

"No futuro, os grãos de alta qualidade suprirão a crescente rede de cafés da Luckin em toda a China", disse em nota a Dreyfus.

Este projeto conjunto para torrefação de café faz parte de uma cooperação estratégica entre as duas empresas, que também inclui uma joint venture para desenvolver um negócio de sucos, assinada em setembro de 2019.

A Dreyfus está no ramo de café há mais de 30 anos, com escritórios de originação de café em 12 países produtores, incluindo o Brasil.

Já a Luckin é uma das principais concorrentes da Starbucks na China, um dos maiores mercados para redes de cafeterias, onde as duas empresas têm se expandido rapidamente.

None

(Por Roberto Samora)