Economia Economia diz que é contra qualquer tipo de proposta que trate da flexibilização

Economia diz que é contra qualquer tipo de proposta que trate da flexibilização

O Ministério da Economia informou que é contra qualquer proposta que trate da flexibilização do teto de gastos, mesmo que temporária. Como mostrou o Estadão/Broadcast, o Congresso quer abrir caminho para despesas fora do teto de gastos, regra que limita o avanço das despesas à inflação, pelo período de um ano, desde que sejam bancadas com receitas vindas da desvinculação de fundos públicos.

A proposta consta na minuta do substitutivo da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial, a qual o Estadão/Broadcast teve acesso junto a um dos parlamentares que participam das negociações.

Últimas